O projeto de Produção Integrada de Cebola - PIC tem por objetivo o desenvolvimento de pesquisas e ações de extensão rural que orientem os produtores para o uso das Boas Práticas Agrícolas e adoção da produção integrada na cultura da cebola, atividade desenvolvida por agricultores familiares e de extrema importância socioeconômica para o Estado de Santa Catarina e para o Brasil.

Esta nova abordagem surge como uma reflexão moderna sobre a melhor forma de administrar os agroecossistemas, onde ainda hoje em sua grande maioria, têm sido adotados sistemas de manejo ineficientes e defasados. Os estudos desenvolvidos indicam a possibilidade de racionalizar o uso de insumos (fertilizantes e agrotóxicos) sem prejuízos ao aumento de produtividade, com a redução dos custos de produção e comprovam a produção de alimentos seguros para o consumo.

 

A - Informações gerais

 

INÍCIO: Janeiro de 2014 (em andamento)

ENTIDADE EXECUTORA:  EPAGRIi (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina) – Estação Experimental de Ituporanga e Estação Experimental de Caçador com o apoio do Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Rio do Sul – SC

PARCEIROS: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina – FAPESC  e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

AUTOR (ES): Francisco Olmar Gervini de Menezes Júnior e colaboradores da Epagri (Estações Experimentais de Ituporanga e de Caçador, Escritórios Municipais de Alfredo Wagner, Atalanta e Ituporanga) e Instituto Federal Catarinense - Campus Rio do Sul

RECURSOS: Próprios e de terceiros

FAIXA DE VALOR: Acima de US$25 mil

CATEGORIA: Unidade de Referência

ÁREA TEMÁTICA PRINCIPAL: Agricultura

PALAVRAS-CHAVE: Produção Integrada, Desenvolvimento Sustentável, Cebola, Sistemas de Cultivo, Sistemas de Produção, Unidades de Referências, Gestão Agrícola, Pesquisa , Extensão 

PÚBLICO-ALVO: Os resultados obtidos são de interesse da sociedade como um todo (produtores, comerciantes e consumidores), podendo ser apropriados por estudantes, professores, pesquisadores, técnicos, associações, cooperativas, grupos de agricultores e agricultores individuais.

LOCALIZAÇÃO: Área rural

ABRANGÊNCIA GEOGRÁFICA: Regional - Alto Vale do Itajaí e Alto Vale do Rio de Peixe 

ÁREA ESPECÍFICA DE IMPLANTAÇÃO: Municípios de Ituporanga, Caçador, Alfredo Wagner e Atalanta

 

B - Descrição da prática

 

1 -ANTECEDENTES

O Estado de Santa Catarina é o maior produtor nacional de bulbos de cebola com cerca de 10.000 famílias envolvidas na atividade. Contudo, na maior parte das áreas têm sido adotados sistemas de cultivo ineficientes e defasados.

O uso intensivo e/ou excessivo de agroquímicos, fertilizantes, agrotóxicos e revolvimento do solo sem parâmetros técnicos adequados, corroboram para a promoção de desequilíbrios nutricionais e elevação dos riscos de contaminação do produtor, do ambiente e do consumidor. Contribui para a atual conjuntura a forte intervenção realizada por empresas privadas de comercialização de insumos e “assistência técnica”, cujo interesse econômico se sobrepõe, por vezes, às reais necessidades técnicas dos cultivos.

A comercialização da produção é sujeita a atravessadores ficando o agricultor refém deste sistema. A EPAGRI, junto com seus parceiros, sensibilizada com esta realidade e ciente de sua responsabilidade objetiva com o projeto orientar a produção de alimentos mediante o uso das boas práticas de cultivo que possibilitam a rastreabilidade dos produtos com vistas à implantação da produção de cebola em sistemas integrados.

 

2 - OBJETIVO GERAL

Desenvolver pesquisas e ações de difusão que sirvam de base para implementar a Produção Integrada da Cebola no Estado de Santa Catarina, através do uso de boas práticas agronômicas advindas de tecnologias existentes ou a serem desenvolvidas, baseadas na regulação do ecossistema, preservação dos recursos naturais e minimização dos efeitos secundários inconvenientes decorrentes da atividade agrícola. 

Objetivos específicos:

  • Desenvolver estratégias para uso eficiente e racional do solo, da água e fertilizantes em sistemas de Produção Integrada;
  • Desenvolver pesquisas na área de Manejo Integrado de pragas e doenças, com ênfase à racionalização do uso de produtos fitossanitários e controle;
  • Desenvolver e avaliar modelos de previsão do míldio, principal doença da cultura da cebola, em Sistema de Produção Integrada;
  • Acompanhar a produção de alimentos de qualidade por meio de cadernos de campo, direcionados ao agricultor, técnicos e auditores, com foco em rastreabilidade para a Produção Integrada;
  • Desenvolver Boletim Técnico sobre manejo do solo e adubação para cebola em PI (Produção Integrada) e do Manual de Boas Práticas Agrícolas, o monitoramento de resíduos de agrotóxicos, a formação de recursos humanos e a divulgação das técnicas cultivo;  
  • Estabelecer uma unidade de referência permanente na EPAGRI – Estação Experimental de Ituporanga;
  • Estabelecer, em no mínimo duas propriedades rurais, unidades de referência. Nelas as técnicas e BPA`s desenvolvidas pela pesquisa serão avaliadas, e entre outros, parâmetros de produtividade e rentabilidade da atividade;
  • Realizar anualmente dias de campo nas unidades de referência.

 

3 - SOLUÇÃO ADOTADA

Para a consecução dos objetivos propostos, a EPAGRI (Estação Experimental de Ituporanga - EEItu), em parceria com o Instituto Federal Catarinense – Campus Rio do Sul, realizou experimentos de campo nas áreas de fitotecnia, fertilidade do solo, nutrição de plantas, fitossanidade e melhoramento genético. 

As tecnologias desenvolvidas, após serem testadas experimentalmente, são “validadas” em propriedades agrícolas nas quais se estabelecem Unidades de Demonstração e Transferência de Tecnologia (UDTT’s). Nessas unidades são testadas as BPA’s e os cadernos de campo, que permitem a rastreabilidade e possibilidade de certificação futura, bem como observados aspectos produtivos e econômicos. Na colheita os bulbos de cebola das UDTT’s, os mesmos são submetidos a testes de resíduos de agrotóxicos.

A divulgação das técnicas para a comunidade rural tem sido realizada através de dias de campo e cursos de capacitação e no meio científico, por meio da publicação de artigos em periódicos e resumos em congressos. 

 

4 - RESULTADOS ALCANÇADOS

Nas propriedades agrícolas com diferentes níveis tecnológicos, onde foram estabelecidos sistemas de cultivo com base na produção integrada e testados cadernos de campo, foram observadas produtividades superiores a oito toneladas por hectare em comparação aos cultivos tradicionais. No Sistema de Produção Integrada, reduziu-se o número de aplicações e/ou a toxicidade dos fungicidas e inseticidas utilizados na lavoura. Não foram detectados resíduos significativos de agrotóxicos nos bulbos de cebola coletados nas lavouras sob produção integrada.

Em 2015, além de trabalhos apresentados em congressos e periódicos, e dia de campo em propriedade agrícola, foi publicado um folder e realizado um curso de capacitação para técnicos sobre as BPA`s e Produção Integrada de cebola e outras hortaliças. Prevê-se a partir de 2016, a realização anual de dias de campo nas UDTT’s estabelecidas nos municípios de Ituporanga, Atalanta e Alfredo Wagner, e também, o desenvolvimento da Norma Técnica da Produção Integrada de Cebola para o MAPA. Também, a elaboração de outros folders de divulgação, a publicação do Manual de BPA’s e dos Cadernos de Campo, e de cursos destinados a técnicos em Produção Integrada de Cebola. 

O projeto é financiado com recursos da FAPESC e do MAPA. Entre as entidades envolvidas estão representantes de associações de produtores de cebola em nível nacional (ANACE) e estadual (APROCESC), bem como comerciantes locais.

O projeto foi apresentado em 2014 e 2015, na reunião da Câmara Setorial da Cebola do Estado de Santa Catarina. Em 2015, foi apresentado também, no 1º Seminário Estadual de Desenvolvimento Rural, organizado pela FETAESC (Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado de Santa Catarina) e na VI Jornada Acadêmica de Agronomia do IFC – Campus Rio do Sul – SC.  

Como o desenvolvimento da BPA`s e Produção Integrada de Cebola se consolida um processo, ou seja, o desenvolvimento e revisão contínua das práticas e técnicas de acordo com a realidade socioambiental (por exemplo, legislação vigente). As mesmas são reiteradamente validadas ano após ano. Assim que uma técnica desenvolvida é considerada pelo grupo técnico de pesquisadores como válida, ela é conduzida às unidades de referência, e divulgada por pesquisadores e extensionistas rurais. Observa-se que pela natureza do meio rural, a adoção das técnicas ocorre paulatinamente, seja por conscientização do produtor ou por força legal, a exemplo do aumento da fiscalização sobre uso de produtos fitossanitários, e mais recentemente, a exigência de rastreabilidade por parte do setor de comércio de alimentos.

 

5 - RECURSOS NECESSÁRIOS

Equipe técnica: formada por 17 Engenheiros Agrônomos - Pesquisadores (08 com Doutorado; 02 com Mestrado), Professores de Ensino Superior (02 com Doutorado) e Extensionistas Rurais (04 no nível de Graduação; 01 com Mestrado); Químico (01 - com Mestrado); Técnicos Agrícolas (02 no nível de Graduação); e Servidores de Campo (16 servidores).

Estrutura Física: A Estação Experimental de Ituporanga, da EPAGRI, possui uma área física de 62 ha destinadas à condução das pesquisas de campo, produção de sementes e mudas, preservação ambiental e reflorestamento, equipamentos e maquinário agrícolas. Sua sede compreende uma área construída de 2.036m², dos quais 992 m² são destinados para a área técnico-administrativa e laboratórios – Laboratório de Análise de Solos e Tecidos Vegetais e Laboratório de Fitopatologia - sendo o restante para apoio às atividades de pesquisa. Pesquisadores e, em especial, os extensionistas rurais, possuem à sua disposição veículos para deslocamento. O parceiro, Instituto Federal Catarinense – Campus Rio do Sul, também, apresenta área física e laboratórios de apoio às atividades que estão sendo desenvolvidas no projeto.

Os Engenheiros Agrônomos e técnicos agrícolas dos escritórios municipais da EPAGRI de Ituporanga, Atalanta e Alfredo Wagner, entre outros da administração de extensão rural, têm ativamente apoiado a proposta, sendo responsáveis pelas Unidades Demonstrativas de Transferência de Tecnologia (UDTT’s) e dias de campo. Em 2014, foram estabelecidas duas UDTT’s em Ituporanga e Atalanta, cada UDTT com 0,5 hectares. Em 2015, incluiu-se a iniciativa o município de Alfredo Wagner.

Nestas UDTT”s são fornecidos aos agricultores, insumos, bem como transferidas técnicas para a condução da lavoura e treinado o uso do Caderno de Campo.

 

6 - TRANSFERÊNCIA

Pretende-se nos próximos anos, divulgar e estender as técnicas a outras propriedades agrícolas. Para tal, continuarão sendo estabelecidas UDTT’s na Estação Experimental de Ituporanga e em propriedades agrícolas, e realizados dias de campo. A formação contínua de técnicos e agricultores em Produção Integrada de Cebola será de fundamental importância, bem como a divulgação por meio de palestras, folders e na mídia.

Em 2015, o projeto foi divulgado no estande do Ministério da Agricultura, durante a Exposuper de Joinville / SC. 

 

7 - LIÇÕES APRENDIDAS

Para que as Boas Práticas Agrícolas e o Sistema de Produção Integrada da Cebola possam ser disseminados no Estado de Santa Catarina, existe a necessidade da conscientização, do envolvimento e da cooperação dos diversos atores sociais envolvidos na cadeia produtiva da cebola, sejam públicos ou privados. Em especial, há necessidade de cooperação entre agentes de pesquisa, extensão e assistência técnica, sindicatos e associações rurais, prefeituras e suas secretarias de desenvolvimento rural, agentes de crédito (bancos e cooperativas), redes de distribuição e comercialização (CEASA’s, atacadistas e supermercados), e de órgãos oficiais de fiscalização, entre outros.

Resultados preliminares indicam a possibilidade do aumento de produtividade da cultura, com menor risco a saúde humana, o que irá garantir ao produtor a comercialização do seu produto em um mercado cada vez mais exigente.

 

8 - ORIGINALIDADE DA PRÁTICA

O “Sistema Agropecuário de Produção Integrada” (SAPI), começou no Brasil com a Produção Integrada de Frutas (PIF), em 2001, por exigência do mercado da Comunidade Europeia.

A Produção Integrada, hoje, é um grande avanço tecnológico sustentável disponibilizado e articulado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em parceria com o CNPq, INMETRO, EMBRAPAa, universidades brasileiras, instituições estaduais de pesquisa agropecuária e extensão, associações e cooperativas de produtores, instituições de apoio ao setor agropecuário, pela iniciativa privada e fornecedores de insumos agrícolas.

O sucesso alcançado pela PIF foi estendido a outros projetos dentro do mesmo modelo e com procedimentos semelhantes. Dentre esses, a EPAGRIi é pioneira no desenvolvimento da produção integrada da maçã e da banana, e dos projetos, em andamento com a cebola, o tomate e o aipim.

 

Há possibilidade de visitas e a melhor época decorre no mês de outubro – segunda a sexta (08:00 as 10:00 e 14:00 as 16:00 h)

Número máximo de visitantes por vez: 30 (trinta)

 

 

Anexos:
Baixar este arquivo (COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA.pdf)COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA.pdf[ ]368 kB
Baixar este arquivo (FOLDER.pdf)FOLDER.pdf[ ]3180 kB
powered by contentmap
Desenvolvimento da Cultura do Morangueiro no Norte Pioneiro do Paraná (07 A)

Desenvolvimento da Cultura do Morangueiro no Norte Pioneiro do Paraná (07 A)

Iniciado pelo Instituto EMATER em 1992, a proposta de diversificação de explorações agrícolas e organização rural buscou reverter à baixa rentabilidade em pequenas propriedades, aumentar a oferta de trabalho e permitir o acesso à terra para aqueles q ...

Leia Mais
Pupunha para Palmito na Agricultura Familiar  (23 A)

Pupunha para Palmito na Agricultura Familiar (23 A)

O projeto tem como objetivo disponibilizar aos produtores tecnologias que dão suporte à atividade de produção da palmeira pupunha (Bactris gasipaes) para palmito no Litoral Paranaense. Foram conduzidos experimentos pela Embrapa Florestas e parceiros ...

Leia Mais
Uso da Rede Social na Assistência Técnica e Extensão Rural (05 A)

Uso da Rede Social na Assistência Técnica e Extensão Rural (05 A)

Objetivando dinamizar o processo de comunicação junto aos produtores de soja na região de Londrina, no ano de 2015 a EMATER-PR implementou o uso de rede social na assistência técnica e extensão rural. De posse das informações recebidas sobre a ocorrê ...

Leia Mais
Rede de Propriedades de Referência Tecnológicas - REPROTEC (08 A)

Rede de Propriedades de Referência Tecnológicas - REPROTEC (08 A)

O REPROTEC busca aumentar a produtividade da pecuária de corte por meio da melhoria dos índices zootécnicos, com ações de pesquisa e extensão com tecnologias adaptadas para as condições da região. Ações de assistência técnica, organização dos produto ...

Leia Mais
Programa Sistema de Plantio Direto com Qualidade (11 A)

Programa Sistema de Plantio Direto com Qualidade (11 A)

O Programa de Plantio Direto com Qualidade foi uma estratégia de ação, que teve origem na metade da década de 1990, quando a Itaipu  Binacional, motivada pela permanente preocupação com o assoreamento de seu reservatório, iniciou contatos com o Insti ...

Leia Mais
Piscicultura e a Promoção do Desenvolvimento Regional: Maripá um Modelo de Competência e Organização Produtiva (27 A)

Piscicultura e a Promoção do Desenvolvimento Regional: Maripá um Modelo de Competência e Organização Produtiva (27 A)

A piscicultura é um setor importante para o desenvolvimento regional do oeste do Paraná. Sob uma perspectiva econômica a atividade é uma alternativa para a renda de agricultores que possuem pequenas propriedades. Ciente das dificuldades da região, a ...

Leia Mais
Projeto Agroflorestar, co-operando com a Natureza  (22 A)

Projeto Agroflorestar, co-operando com a Natureza (22 A)

O Projeto “Agroflorestar, co-operando com a Natureza” busca resgatar saberes, produzir conhecimento e irradiar práticas e valores para a transformação da agricultura, por meio da agrofloresta agroecológica.    {gallery}cooperafloresta{/gallery} De ...

Leia Mais
Homeopatia na Agropecuária no Oeste do Paraná  (17 A)

Homeopatia na Agropecuária no Oeste do Paraná (17 A)

 O trabalho com homeopatia na agropecuária na Região Oeste do Paraná iniciou-se no ano de 2004 e objetiva viabilizar a produção sem ou com menor uso de agroquímicos, a redução dos custos de produção e proporcionar maior autonomia e renda aos agricult ...

Leia Mais
Projeto Grãos - Centro Sul de Feijão e Milho (18 A)

Projeto Grãos - Centro Sul de Feijão e Milho (18 A)

Os cultivos do feijão e do milho são tradicionais na agricultura familiar da região Centro-Sul do Paraná, contribuindo na formação da renda nas propriedades através da venda dos grãos e na transformação em carne, leite e derivados. O Projeto Grãos - ...

Leia Mais
Agricultura de Precisão na Pequena Propriedade Rural (04 A)

Agricultura de Precisão na Pequena Propriedade Rural (04 A)

As atuais demandas da sociedade exigem da agricultura um incremento constante de produção por unidade de área, aliada a minimização dos efeitos ambientais danosos. Neste contexto, a agricultura de precisão tem se mostrado um sistema capaz de atender ...

Leia Mais
Sistema de Plantio Direto de Hortaliças: Uma Ferramenta de Transição para uma Agricultura Familiar Sustentável (26 A)

Sistema de Plantio Direto de Hortaliças: Uma Ferramenta de Transição para uma Agricultura Familiar Sustentável (26 A)

O Sistema de Plantio Direto de Hortaliças (SPDH) é uma proposta de transição para toda a agricultura familiar, dependente de insumos externos à propriedade, para sistemas mais limpos, equilibrados e autônomos. Em seu eixo técnico-cientifico tem como ...

Leia Mais
Produção Integrada de Cebola para o Estado de Santa Catarina - PIC (13 A)

Produção Integrada de Cebola para o Estado de Santa Catarina - PIC (13 A)

O projeto de Produção Integrada de Cebola - PIC tem por objetivo o desenvolvimento de pesquisas e ações de extensão rural que orientem os produtores para o uso das Boas Práticas Agrícolas e adoção da produção integrada na cultura da cebola, atividade ...

Leia Mais
 Produção de Leite a Base de Pasto Utilizando Manejo Rotativo nas Pastagens (29 A)

Produção de Leite a Base de Pasto Utilizando Manejo Rotativo nas Pastagens (29 A)

A cadeia produtiva do leite no Estado de Santa Catarina está alicerçada em diferentes sistemas produtivos, que por sua vez são identificados através do manejo e fonte da alimentação animal, nível tecnológico e da produtividade obtida. Dentre os siste ...

Leia Mais
Sistema de Produção Integrada do Tomate Tutorado (SISPIT) (09 A)

Sistema de Produção Integrada do Tomate Tutorado (SISPIT) (09 A)

Dentro da missão da EPAGRI, que é levar “Conhecimento, tecnologia e extensão para o desenvolvimento sustentável do meio rural, em benefício da sociedade” a Estação Experimental de Caçador desenvolveu um sistema inovador de produção de tomate que trou ...

Leia Mais
Programa Leite MAIS (03 A)

Programa Leite MAIS (03 A)

O Programa Leite MAIS visa o aumento da produtividade, qualidade e rentabilidade da atividade leiteira, através da prestação de orientação técnica personalizada aos produtores assistidos, mediante a utilização de um modelo de assistência que foi form ...

Leia Mais
Sistematização, Promoção e Difusão das Tecnologias Alinhadas à Produção Integrada da Banana no Estado de Santa Catarina (PI - BANANA) (25 A)

Sistematização, Promoção e Difusão das Tecnologias Alinhadas à Produção Integrada da Banana no Estado de Santa Catarina (PI - BANANA) (25 A)

Santa Catarina é um importante Estado produtor de bananas, sua produção está concentrada em propriedades familiares, localizadas em encostas e com grande interação com o ecossistema da Mata Atlântica. Em termos institucionais, é característico dos pr ...

Leia Mais
Seleção e Produção de Abelhas Rainhas - Apis mellifera (30 A)

Seleção e Produção de Abelhas Rainhas - Apis mellifera (30 A)

A substituição periódica de rainhas é um procedimento necessário e reconhecido pelos apicultores para o bom desenvolvimento da atividade. Visando potencializar a produção de mel no Estado, a prática desenvolvida pela Epagri tem como objetivo a seleçã ...

Leia Mais
Programa Propriedade Sustentável (20 A)

Programa Propriedade Sustentável (20 A)

Buscando fortalecer os ideais cooperativos e amparada por sua missão de como sistema cooperativo, valorizar o relacionamento, oferecer soluções financeiras para agregar renda e contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos associados e da socie ...

Leia Mais
Propriedades Demonstrativas de Leite a Pasto (12 A)

Propriedades Demonstrativas de Leite a Pasto (12 A)

A implantação de Unidades Demonstrativas de Leite a Pasto, implementada pelo Instituto EMATER-PR na região de Medianeira, possibilita o incremento da produtividade de leite na pequena propriedade através da adoção de técnicas que incentivam o desenvo ...

Leia Mais
Manejo Integrado de Pragas da Soja (MIP) - safra 2014/15 - Paraná  (21 A)

Manejo Integrado de Pragas da Soja (MIP) - safra 2014/15 - Paraná (21 A)

O Manejo Integrado de Pragas (MIP) é uma tecnologia baseada na amostragem e monitoramento da lavoura para a tomada de decisão em relação ao controle de pragas. É uma ferramenta adequada para a racionalização do uso de inseticidas e redução nos custos ...

Leia Mais
Desenvolvimento Rural Sustentável (DRS) (15 A)

Desenvolvimento Rural Sustentável (DRS) (15 A)

O Programa Desenvolvimento Rural Sustentável (DRS) busca apoiar e fortalecer os segmentos mais vulneráveis da população rural, na região da Bacia do Rio Paraná lll, incentivando a produção agropecuária sustentável. Desenvolve ações de assistência téc ...

Leia Mais
Intercooperação para Implantação de Ações de Incentivo ao Desenvolvimento Regional. (19 A)

Intercooperação para Implantação de Ações de Incentivo ao Desenvolvimento Regional. (19 A)

Este case destaca dois princípios universais do cooperativismo:  •Educação, Formação e Informação;  •Interesse pela Comunidade.   Por meio desses princípios, aborda-se a parceria que a SICREDI desenvolve desde o ano de 2007 com a CoperAmetista – C ...

Leia Mais
Conselhos Municipais de Sanidade Agropecuária: Criação e Fortalecimento (01 A)

Conselhos Municipais de Sanidade Agropecuária: Criação e Fortalecimento (01 A)

O projeto promove a participação da comunidade no sistema de defesa sanitária, através da estruturação dos Conselhos Municipais de Sanidade Agropecuária (CSA) em 91% dos municípios do Estado do Paraná. As ações do serviço oficial de defesa foram pote ...

Leia Mais
Construção de Redes de Referências Técnicas e Econômicas para o Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar (10 A)

Construção de Redes de Referências Técnicas e Econômicas para o Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar (10 A)

Criadas com o objetivo de apoiar o desenvolvimento de sistemas de produção sustentáveis para a agricultura familiar paranaense, as Redes de Referências para a Agricultura Familiar baseiam suas ações em um conjunto de propriedades representativas de d ...

Leia Mais
Diversificação Produtiva Local Através do Desenvolvimento da Cultura da Banana (06 A)

Diversificação Produtiva Local Através do Desenvolvimento da Cultura da Banana (06 A)

A partir dos desafios surgidos com o declínio de culturas regionais tradicionais, este projeto possibilitou aos agricultores familiares do Município de Novo Itacolomi, Estado do Paraná, a diversificação produtiva através da introdução da cultura da b ...

Leia Mais
Projeto Vitória: Assistência Técnica para Produção Leiteira (02 A)

Projeto Vitória: Assistência Técnica para Produção Leiteira (02 A)

O Projeto Vitória baseia-se no desenvolvimento de uma estratégia metodológica que parte da realidade da propriedade rural, propõe desafios para aumentar a produção de leite, produtividade e renda, através de tecnologias já validadas, avaliadas in loc ...

Leia Mais
Produção de Morangos em Sistema Semi-hidropônico Suspenso (28 A)

Produção de Morangos em Sistema Semi-hidropônico Suspenso (28 A)

O cultivo de morangos em semi-hidroponia de forma suspensa tem conquistado muitos adeptos. A preferência é justificada pela melhor utilização do espaço na pequena propriedade com bons resultados econômicos, adaptação à realidade da mão-de-obra dispon ...

Leia Mais
Assistência Técnica na Propriedade Leiteira Familiar - Formando Unidades de Referência (14 A)

Assistência Técnica na Propriedade Leiteira Familiar - Formando Unidades de Referência (14 A)

A produção leiteira tem crescido em muitas regiões do país, no Paraná merecem destaque as regiões oeste e sudoeste. Estes resultados muito se devem ao crescimento da atividade na agricultura familiar e a assistência técnica presente nestas propriedad ...

Leia Mais
Projeto Plantas Medicinais (16 A)

Projeto Plantas Medicinais (16 A)

Uma das estratégias do Programa Cultivando Água Boa é a utilização de plantas medicinais na atenção à saúde e na manutenção da biodiversidade vegetal e cultural da Região Oeste do Paraná. Com isso, em 2003, foi criado o projeto Plantas Medicinais, qu ...

Leia Mais
Sistema de Cobertura Telada Antigranizo e Controle de Geadas (24 A)

Sistema de Cobertura Telada Antigranizo e Controle de Geadas (24 A)

A prática tem como objetivo prevenir eventuais danos ocasionados por granizos e geadas tardias na frutificação e consequente produção dos pomares. Para o desenvolvimento, controle e avaliação foi escolhido realizar a implantação do sistema em uma pro ...

Leia Mais
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. 7
  8. 8
  9. 9
  10. 10