A implantação de Unidades Demonstrativas de Leite a Pasto, implementada pelo Instituto EMATER-PR na região de Medianeira, possibilita o incremento da produtividade de leite na pequena propriedade através da adoção de técnicas que incentivam o desenvolvimento de pastagens de qualidade, utilizando propriedades demonstrativas como principal instrumento de convencimento e capacitação dos grupos regionais de produtores. 

Após mais de 20 anos da implantação da primeira propriedade demonstrativa, atualmente a região conta com um elevado número de produtores que adotam às técnicas recomendadas pelo projeto, possibilitando um expressivo aumento na produtividade regional, maior viabilidade financeira da atividade leiteira e o desenvolvimento de práticas agrícolas que contribuem para a conservação do solo. 

 

A - Informações gerais

 

INÍCIO: Outubro de 1993 (em andamento)

ENTIDADE EXECUTORA:  Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural - EMATER 

ENTIDADE CO-EXECUTORAInstituto Agronômico do Paraná - IAPAR 

APRESENTADO POR: José Luiz Bortoluzzi da Silva

RECURSOS: Próprios 

FAIXA DE VALOR: Até US$ 5 mil *(Por hectare implantado)

CATEGORIA: Projeto

ÁREA TEMÁTICA PRINCIPAL: Agricultura

PALAVRAS-CHAVE: Leite a Pasto, Pecuária Leiteira, Unidade Demonstrativa, EMATER; IAPAR, Assistência Técnica, Extensão Rural, Produtor Familiar, Incremento de Renda, Produtividade, Oeste do Paraná, Medianeira 

PÚBLICO-ALVO: Agricultores familiares e grupos de produtores que desenvolvem a atividade leiteira 

LOCALIZAÇÃO: Área rural

ABRANGÊNCIA GEOGRÁFICA: Microrregional

ÁREA ESPECÍFICA DE IMPLANTAÇÃO: Municípios de Medianeira, Missal, Serranópolis do Iguaçu, Matelândia, Catanduvas, Campo Bonito, Veracruz, Ramilândia, Diamante do Oeste, Céu Azul, Capitão Leônidas Marques, Nova Aurora, Boa Vista da Aparecida, Três Barras do Paraná. 

 

B - Descrição da prática

 

1 -ANTECEDENTES

O Governo do Estado do Paraná, com o apoio do Banco Mundial - BIRD, na década de 90, elaborou o "Programa Paraná Rural" focado na temática da conservação do solo e água das propriedades rurais do Estado do Paraná. Uma das linhas deste programa concentrava-se na correção dos solos, tendo como subsídio para os agricultores a aquisição de calcário. 

No Município de Medianeira, agricultores familiares iniciavam a atividade de bovinocultura de leite, com enfoque comercial, tendo como foco principal os animais e não a pastagem, base da alimentação bovina. 

Até o início da década de 90, a produção de gado era realizada em áreas inadequadas para a produção de grãos, atividade que dominava a economia regional. Essas áreas caracterizavam-se pela presença de solos não agricultáveis, pedregosos, com declividades acentuadas ou alagadiços. Em razão da baixa qualidade das pastagens, demandavam alto volume de concentrado, feno e silagem, elevando o custo de produção. A produção média de leite na época, não extrapolava os 3,3 mil litros de leite por ha/ano. 

Observando este fato, a Unidade Municipal do Instituto EMATER, por intermédio do zootecnista José Luiz Botoluzzi da Silva, passou a apostar numa estratégia diferente.

O desafio desta proposta era aumentar a produtividade, mas para isso precisava convencer os produtores locais de que as inovações tecnológicas seriam adequadas a este propósito. Com este intuito, a partir do ano de 1993, iniciou a aplicação de novas tecnologias em propriedades demonstrativas, que passariam a tornar-se referência dentro dos municípios para difusão das práticas propostas. 

  

 2 - OBJETIVO GERAL

O projeto busca elevar a produtividade leiteira local, com a implantação de pastagens de qualidade, através da adoção de inovações tecnológicas em propriedades demonstrativas de referência. 

Objetivos específicos

  • Aumentar o número de propriedades demonstrativas, tornando mais efetivo o serviço de assistência técnica e extensão rural prestado aos produtores de leite locais;
  • Elevar a renda da agricultura familiar através da viabilidade econômica da atividade leiteira;
  • Incrementar a qualidade das pastagens e produtividade leiteira local;
  • Melhorar a qualidade do leite produzido na pequena propriedade; e
  • Incentivar a adoção de práticas de conservação dos solos e a manutenção da sua fertilidade. 

 

3 - SOLUÇÃO ADOTADA

Inicialmente, a proposta técnica para melhoria da qualidade da forragem ofertada a campo, foi apresentada a um único produtor de leite do município de Medianeira. O produtor aceitou a proposta de seguir as recomendações técnicas e, em outubro de 1993, foi implantada a primeira propriedade demonstrativa de produção de leite à base de pasto na região.

Para implantação da propriedade demonstrativa foram seguidos os passos descritos abaixo:

1  - Escolha da área para implantação da pastagem melhorada;

2 – Coleta de amostras e análise do solo da área de pastagem a ser melhorada;

3 - Aplicação de calcário e adubação de 1 hectare de pastagem conforme orientação técnica;

4 – Escolha da espécie de gramínea mais adequada às condições locais e plantio das mudas e sementes, com o fornecimento de algumas espécies forrageiras recomendadas pelo IAPAR, com consequente desenvolvimento de pesquisas a campo;

5 – Divisão da área em piquetes;

6 – Após formação completa das gramíneas, os animais são colocados em pastoreio; e

7 – Após 2 dias de pastoreio os animais trocam de piquete, sendo o mesmo vedado para adubação de manutenção. 

Para disseminação da tecnologia junto aos demais produtores, foram organizadas pequenas excursões à propriedade demonstrativa para apresentação das tecnologias adotadas, principais resultados e resolução de dúvidas. 

Com a atividade de leite em ascensão, e na busca de tecnologias de baixo custo por parte de agricultores e técnicos, novos produtores adotaram as tecnologias propostas. As demais unidades locais do Instituto EMATER passaram a demandar orientações sobre a proposta tecnológica, que foi apresentada através de visitas à propriedade demonstrativa.

Em 1997, por meio de convênio, o Município de Missal passou a ser orientado pelo zootecnista responsável pelo projeto. O atendimento era realizado a grupos de produtores, uma vez por semana, com calendário de atividades realizadas nas propriedades dos agricultores.

Com o aumento na demanda por orientações técnicas nas demais localidades, foi então proposto pelo Instituto EMATER, a implementação de propriedades demonstrativas em outros 30 municípios da região. Cada propriedade demonstrativa servia de modelo para difusão do processo tecnológico aos demais produtores. 

Buscando difundir a tecnologia proposta, já foram realizados ao longo dos anos de projeto, inúmeros seminários, dias de campo, encontros e cursos regionais para capacitação de agricultores e técnicos da região. 

4 - RESULTADOS ALCANÇADOS

Com a introdução da proposta técnica para melhoria da qualidade da forragem ofertada a campo, os resultados imediatos nas 22 unidades demonstrativas atuais foram:

  • aumento do número de animais por unidade de área, de 1,7 animais por hectare, até 6 cabeças/ha;
  • aumento do volume de leite produzido por vaca: após 3 anos da adoção do sistema proposto, a produtividade média, que no início era de aproximadamente 7,5 litros/vaca/dia, teve um incremento de 64%, passando a 12,3 litros/vaca/dia;
  • redução do custo do litro do leite em aproximadamente 23%;
  • Entre os anos de 1994 e 2000, a primeira propriedade demonstrativa implantada já havia recebido a visita de 1.760 produtores da região; 
  • No município de Missal, onde 234 produtores  aderiram à nova tecnologia proposta, o volume de leite produzido passou de 8 milhões de litros em 1997, a 22 milhões de litros no ano de 2005. Em 2014, a produção do município alcançou 28 milhões de litros de leite; e
  • Até ao presente momento, aproximadamente 1.200 agricultores familiares, participaram de eventos de divulgação e capacitação relacionados ao projeto.

 

 5 - RECURSOS NECESSÁRIOS

Atualmente, 12 extensionistas da Emater atuam em tempo integral ou parcial no desenvolvimento da atividade leiteira na região. Os técnicos utilizam-se da infraestrutura dos escritórios e automóveis da EMATER para execução das atividades propostas.

Os agricultores fazem uso dos próprios equipamentos, adequados às  técnicas propostas e adaptados às realidades de cada produtor. Da mesma forma os insumos utilizados, são, via de regra, os mesmos utilizados nas atividades agrícolas convencionais.

 

6 - TRANSFERÊNCIA

Este projeto teve início no município de Medianeira e, após atingir os primeiros resultados efetivos e divulgação, através de publicações da Emater e reportagens veiculadas nos meios de comunicação regionais, o projeto foi expandido para os demais municípios do entorno. 

Atualmente, é possível identificar ações que tiveram como base o projeto de leite a pasto, em outras regiões do Estado do Paraná e inclusive em países vizinhos.

 

7 - LIÇÕES APRENDIDAS

 A produção de leite à base de pasto demonstra uma grande potencialidade para agregar valor à agricultura familiar,pois proporciona redução de custos na atividade leiteira, diversificação de atividades na propriedade, ocupação da mão-de-obra familiar, colaborando com a permanência dos jovens nas áreas rurais. Da mesma forma, observa-se a adoção de práticas conservacionistas e consequente redução dos níveis de erosão observados na agricultura convencional, devido principalmente ao uso racional de fertilizantes e agrotóxicos. 

Podem-se apontar como maiores entraves ao projeto, a falta de compreensão do produtor rural quanto à importância do planejamento das atividades de gestão, traduzido pelo desconhecimento dos dados econômicos elementares como, investimentos, custos e receitas de produção. Da mesma forma, a falta de acompanhamento dos indicadores técnicos do manejo da propriedade, limita o processo de tomada de decisão com relação às atividades desenvolvidas. Através das metodologias de grupos focais (reuniões, dias de campo, cursos) nas unidades de referência, o projeto procura apresentar os registros através da utilização de planilha eletrônica, para permitir a adequada gestão da atividade leiteira. 

 

Há possibilidade de visitação durante todos os meses do ano.

Nº de visitantes: número máximo de 20 visitantes  

 

powered by contentmap
Conselhos Municipais de Sanidade Agropecuária: Criação e Fortalecimento (01 A)

Conselhos Municipais de Sanidade Agropecuária: Criação e Fortalecimento (01 A)

O projeto promove a participação da comunidade no sistema de defesa sanitária, através da estruturação dos Conselhos Municipais de Sanidade Agropecuária (CSA) em 91% dos municípios do Estado do Paraná. As ações do serviço oficial de defesa foram pote ...

Leia Mais
Construção de Redes de Referências Técnicas e Econômicas para o Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar (10 A)

Construção de Redes de Referências Técnicas e Econômicas para o Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar (10 A)

Criadas com o objetivo de apoiar o desenvolvimento de sistemas de produção sustentáveis para a agricultura familiar paranaense, as Redes de Referências para a Agricultura Familiar baseiam suas ações em um conjunto de propriedades representativas de d ...

Leia Mais
Projeto Vitória: Assistência Técnica para Produção Leiteira (02 A)

Projeto Vitória: Assistência Técnica para Produção Leiteira (02 A)

O Projeto Vitória baseia-se no desenvolvimento de uma estratégia metodológica que parte da realidade da propriedade rural, propõe desafios para aumentar a produção de leite, produtividade e renda, através de tecnologias já validadas, avaliadas in loc ...

Leia Mais
Pupunha para Palmito na Agricultura Familiar  (23 A)

Pupunha para Palmito na Agricultura Familiar (23 A)

O projeto tem como objetivo disponibilizar aos produtores tecnologias que dão suporte à atividade de produção da palmeira pupunha (Bactris gasipaes) para palmito no Litoral Paranaense. Foram conduzidos experimentos pela Embrapa Florestas e parceiros ...

Leia Mais
Projeto Agroflorestar, co-operando com a Natureza  (22 A)

Projeto Agroflorestar, co-operando com a Natureza (22 A)

O Projeto “Agroflorestar, co-operando com a Natureza” busca resgatar saberes, produzir conhecimento e irradiar práticas e valores para a transformação da agricultura, por meio da agrofloresta agroecológica.    {gallery}cooperafloresta{/gallery} De ...

Leia Mais
Sistematização, Promoção e Difusão das Tecnologias Alinhadas à Produção Integrada da Banana no Estado de Santa Catarina (PI - BANANA) (25 A)

Sistematização, Promoção e Difusão das Tecnologias Alinhadas à Produção Integrada da Banana no Estado de Santa Catarina (PI - BANANA) (25 A)

Santa Catarina é um importante Estado produtor de bananas, sua produção está concentrada em propriedades familiares, localizadas em encostas e com grande interação com o ecossistema da Mata Atlântica. Em termos institucionais, é característico dos pr ...

Leia Mais
Homeopatia na Agropecuária no Oeste do Paraná  (17 A)

Homeopatia na Agropecuária no Oeste do Paraná (17 A)

 O trabalho com homeopatia na agropecuária na Região Oeste do Paraná iniciou-se no ano de 2004 e objetiva viabilizar a produção sem ou com menor uso de agroquímicos, a redução dos custos de produção e proporcionar maior autonomia e renda aos agricult ...

Leia Mais
Produção de Morangos em Sistema Semi-hidropônico Suspenso (28 A)

Produção de Morangos em Sistema Semi-hidropônico Suspenso (28 A)

O cultivo de morangos em semi-hidroponia de forma suspensa tem conquistado muitos adeptos. A preferência é justificada pela melhor utilização do espaço na pequena propriedade com bons resultados econômicos, adaptação à realidade da mão-de-obra dispon ...

Leia Mais
Uso da Rede Social na Assistência Técnica e Extensão Rural (05 A)

Uso da Rede Social na Assistência Técnica e Extensão Rural (05 A)

Objetivando dinamizar o processo de comunicação junto aos produtores de soja na região de Londrina, no ano de 2015 a EMATER-PR implementou o uso de rede social na assistência técnica e extensão rural. De posse das informações recebidas sobre a ocorrê ...

Leia Mais
Propriedades Demonstrativas de Leite a Pasto (12 A)

Propriedades Demonstrativas de Leite a Pasto (12 A)

A implantação de Unidades Demonstrativas de Leite a Pasto, implementada pelo Instituto EMATER-PR na região de Medianeira, possibilita o incremento da produtividade de leite na pequena propriedade através da adoção de técnicas que incentivam o desenvo ...

Leia Mais
Projeto Grãos - Centro Sul de Feijão e Milho (18 A)

Projeto Grãos - Centro Sul de Feijão e Milho (18 A)

Os cultivos do feijão e do milho são tradicionais na agricultura familiar da região Centro-Sul do Paraná, contribuindo na formação da renda nas propriedades através da venda dos grãos e na transformação em carne, leite e derivados. O Projeto Grãos - ...

Leia Mais
Sistema de Produção Integrada do Tomate Tutorado (SISPIT) (09 A)

Sistema de Produção Integrada do Tomate Tutorado (SISPIT) (09 A)

Dentro da missão da EPAGRI, que é levar “Conhecimento, tecnologia e extensão para o desenvolvimento sustentável do meio rural, em benefício da sociedade” a Estação Experimental de Caçador desenvolveu um sistema inovador de produção de tomate que trou ...

Leia Mais
Intercooperação para Implantação de Ações de Incentivo ao Desenvolvimento Regional. (19 A)

Intercooperação para Implantação de Ações de Incentivo ao Desenvolvimento Regional. (19 A)

Este case destaca dois princípios universais do cooperativismo:  •Educação, Formação e Informação;  •Interesse pela Comunidade.   Por meio desses princípios, aborda-se a parceria que a SICREDI desenvolve desde o ano de 2007 com a CoperAmetista – C ...

Leia Mais
Sistema de Cobertura Telada Antigranizo e Controle de Geadas (24 A)

Sistema de Cobertura Telada Antigranizo e Controle de Geadas (24 A)

A prática tem como objetivo prevenir eventuais danos ocasionados por granizos e geadas tardias na frutificação e consequente produção dos pomares. Para o desenvolvimento, controle e avaliação foi escolhido realizar a implantação do sistema em uma pro ...

Leia Mais
Assistência Técnica na Propriedade Leiteira Familiar - Formando Unidades de Referência (14 A)

Assistência Técnica na Propriedade Leiteira Familiar - Formando Unidades de Referência (14 A)

A produção leiteira tem crescido em muitas regiões do país, no Paraná merecem destaque as regiões oeste e sudoeste. Estes resultados muito se devem ao crescimento da atividade na agricultura familiar e a assistência técnica presente nestas propriedad ...

Leia Mais
Programa Leite MAIS (03 A)

Programa Leite MAIS (03 A)

O Programa Leite MAIS visa o aumento da produtividade, qualidade e rentabilidade da atividade leiteira, através da prestação de orientação técnica personalizada aos produtores assistidos, mediante a utilização de um modelo de assistência que foi form ...

Leia Mais
Rede de Propriedades de Referência Tecnológicas - REPROTEC (08 A)

Rede de Propriedades de Referência Tecnológicas - REPROTEC (08 A)

O REPROTEC busca aumentar a produtividade da pecuária de corte por meio da melhoria dos índices zootécnicos, com ações de pesquisa e extensão com tecnologias adaptadas para as condições da região. Ações de assistência técnica, organização dos produto ...

Leia Mais
Programa Sistema de Plantio Direto com Qualidade (11 A)

Programa Sistema de Plantio Direto com Qualidade (11 A)

O Programa de Plantio Direto com Qualidade foi uma estratégia de ação, que teve origem na metade da década de 1990, quando a Itaipu  Binacional, motivada pela permanente preocupação com o assoreamento de seu reservatório, iniciou contatos com o Insti ...

Leia Mais
Agricultura de Precisão na Pequena Propriedade Rural (04 A)

Agricultura de Precisão na Pequena Propriedade Rural (04 A)

As atuais demandas da sociedade exigem da agricultura um incremento constante de produção por unidade de área, aliada a minimização dos efeitos ambientais danosos. Neste contexto, a agricultura de precisão tem se mostrado um sistema capaz de atender ...

Leia Mais
Diversificação Produtiva Local Através do Desenvolvimento da Cultura da Banana (06 A)

Diversificação Produtiva Local Através do Desenvolvimento da Cultura da Banana (06 A)

A partir dos desafios surgidos com o declínio de culturas regionais tradicionais, este projeto possibilitou aos agricultores familiares do Município de Novo Itacolomi, Estado do Paraná, a diversificação produtiva através da introdução da cultura da b ...

Leia Mais
Desenvolvimento da Cultura do Morangueiro no Norte Pioneiro do Paraná (07 A)

Desenvolvimento da Cultura do Morangueiro no Norte Pioneiro do Paraná (07 A)

Iniciado pelo Instituto EMATER em 1992, a proposta de diversificação de explorações agrícolas e organização rural buscou reverter à baixa rentabilidade em pequenas propriedades, aumentar a oferta de trabalho e permitir o acesso à terra para aqueles q ...

Leia Mais
Piscicultura e a Promoção do Desenvolvimento Regional: Maripá um Modelo de Competência e Organização Produtiva (27 A)

Piscicultura e a Promoção do Desenvolvimento Regional: Maripá um Modelo de Competência e Organização Produtiva (27 A)

A piscicultura é um setor importante para o desenvolvimento regional do oeste do Paraná. Sob uma perspectiva econômica a atividade é uma alternativa para a renda de agricultores que possuem pequenas propriedades. Ciente das dificuldades da região, a ...

Leia Mais
Programa Propriedade Sustentável (20 A)

Programa Propriedade Sustentável (20 A)

Buscando fortalecer os ideais cooperativos e amparada por sua missão de como sistema cooperativo, valorizar o relacionamento, oferecer soluções financeiras para agregar renda e contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos associados e da socie ...

Leia Mais
Seleção e Produção de Abelhas Rainhas - Apis mellifera (30 A)

Seleção e Produção de Abelhas Rainhas - Apis mellifera (30 A)

A substituição periódica de rainhas é um procedimento necessário e reconhecido pelos apicultores para o bom desenvolvimento da atividade. Visando potencializar a produção de mel no Estado, a prática desenvolvida pela Epagri tem como objetivo a seleçã ...

Leia Mais
Produção Integrada de Cebola para o Estado de Santa Catarina - PIC (13 A)

Produção Integrada de Cebola para o Estado de Santa Catarina - PIC (13 A)

O projeto de Produção Integrada de Cebola - PIC tem por objetivo o desenvolvimento de pesquisas e ações de extensão rural que orientem os produtores para o uso das Boas Práticas Agrícolas e adoção da produção integrada na cultura da cebola, atividade ...

Leia Mais
Sistema de Plantio Direto de Hortaliças: Uma Ferramenta de Transição para uma Agricultura Familiar Sustentável (26 A)

Sistema de Plantio Direto de Hortaliças: Uma Ferramenta de Transição para uma Agricultura Familiar Sustentável (26 A)

O Sistema de Plantio Direto de Hortaliças (SPDH) é uma proposta de transição para toda a agricultura familiar, dependente de insumos externos à propriedade, para sistemas mais limpos, equilibrados e autônomos. Em seu eixo técnico-cientifico tem como ...

Leia Mais
Desenvolvimento Rural Sustentável (DRS) (15 A)

Desenvolvimento Rural Sustentável (DRS) (15 A)

O Programa Desenvolvimento Rural Sustentável (DRS) busca apoiar e fortalecer os segmentos mais vulneráveis da população rural, na região da Bacia do Rio Paraná lll, incentivando a produção agropecuária sustentável. Desenvolve ações de assistência téc ...

Leia Mais
Manejo Integrado de Pragas da Soja (MIP) - safra 2014/15 - Paraná  (21 A)

Manejo Integrado de Pragas da Soja (MIP) - safra 2014/15 - Paraná (21 A)

O Manejo Integrado de Pragas (MIP) é uma tecnologia baseada na amostragem e monitoramento da lavoura para a tomada de decisão em relação ao controle de pragas. É uma ferramenta adequada para a racionalização do uso de inseticidas e redução nos custos ...

Leia Mais
 Produção de Leite a Base de Pasto Utilizando Manejo Rotativo nas Pastagens (29 A)

Produção de Leite a Base de Pasto Utilizando Manejo Rotativo nas Pastagens (29 A)

A cadeia produtiva do leite no Estado de Santa Catarina está alicerçada em diferentes sistemas produtivos, que por sua vez são identificados através do manejo e fonte da alimentação animal, nível tecnológico e da produtividade obtida. Dentre os siste ...

Leia Mais
Projeto Plantas Medicinais (16 A)

Projeto Plantas Medicinais (16 A)

Uma das estratégias do Programa Cultivando Água Boa é a utilização de plantas medicinais na atenção à saúde e na manutenção da biodiversidade vegetal e cultural da Região Oeste do Paraná. Com isso, em 2003, foi criado o projeto Plantas Medicinais, qu ...

Leia Mais
  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. 7
  8. 8
  9. 9
  10. 10